Manter o Nowloaded online gera custos, esses custos são pagos com doações e publicidade. Então, desative seu AdBlock no Nowloaded ou nos ajude doando!

Welcome to Nowloaded.org

Registre-se agora para ter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez registrado e conectado, você poderá contribuir para o Nowloaded enviando seu próprio conteúdo ou respondendo ao conteúdo existente. Você poderá personalizar seu perfil, receber pontos de reputação como recompensa por enviar conteúdo, além de se comunicar com outros membros por meio de sua própria caixa de entrada privada e muito mais! Esta mensagem será removida assim que você tiver feito o login.

Auronjedi

Ex-staff
  • Total de itens

    18.131
  • Entrou

  • Última visita

  • Tempo Online

    2d 11h 45m 24s

Tudo que Auronjedi postou

  1. ZG BDZG O topico de todos os topicos

    Mas que porra! Esse tópico ainda existe?
  2. ZG Parabens Auron.........o/

    Obrigado senhoras! Todas vivem no meu coração! Infelizmente como muitos já viram, ultimamente (lê-se 2 anos) tenho tido um tempo quase nulo pra participar dessa bagaça aqui. Vi até que tiraram já meu posto de TOP Flooder. Puta falta de sacanagem isso daí.
  3. Para Quem não conhece... passar a conhecer um pouco sobre o que é e daonde veio Mangás e Animes... mais precisamente animes... vai um texto muito bom! História Com a ocupação americana no fim da segunda guerra mundial, muitos artistas japoneses tiveram contato com a cultura ocidental e influenciado pela cultura pop americana, desenhistas em início de carreira começaram a conhecer os quadrinhos e desenhos animados na sua forma moderna. Havia negociantes que contrabandeavam rolos de filmes americanos, desenhos da Disney e outros. Entre os principais artistas que se envolveram com a arte americana, estavam Osamu Tezuka, Shotaro Ishinomori e Leiji Matsumoto. Estes três jovens, mais tarde, foram consagrados no mercado de mangá. Na década de 1950, influenciados pela mídia que vinha do ocidente, diversos artistas e estúdios começaram a desenvolver projetos de animação experimental. Na época em que o mangá reinava como mídia nasceram os pioneiros animes de sucesso: Hyakujaden (A Lenda da Serpente Branca) estreou em 22 de outubro de 1958, primeira produção lançada em circuito comercial da Toei Animation, divisão de animação da poderosa Toei Company e Manga Calendar, o primeiro animê especialmente feito para televisão, veiculado pela emissora TBS com produção do estúdio Otogi em 25 de junho de 1962, que teve duração de dois anos. Logo em seguida, em 1 de janeiro de 1963, é lançado Tetsuwan Atom, também conhecido como Astro Boy, baseado no mangá de Osamu Tezuka, já com a estética de personagens de olhos grandes e cabelos espetados vinda da versão impressa. Astro Boy acabou tornando-se o propulsor da maior indústria de animação do mundo, conquistando também o público norte-americano. Tezuka era um ídolo no Japão e sua popularidade lhe proporcionou recursos para investir em sua própria produtora, a Mushi Productions. Outras produtoras investiram nesse novo setor e nasceram clássicos do anime como Oitavo Homem (Eight Man), Super Dínamo (Paa Man), mas ainda com precariedade e contando com poucos recursos, diferente das animações americanas. Segundo Alexandre Nagado, "[...] em 1967 surge o primeiro anime com grande projeção fora do Japão, Speed Racer (Maha Go Go Go, 1967), que apesar de produção pobre, se destacava por ângulos de cena inovadores e muita criatividade nas histórias. Não por acaso, virou sucesso no mundo inteiro e até hoje é muito cultuado. Neste ano estrearam 14 séries, sem contar os desenhos que já estavam em produção anteriormente. Dentre os clássicos daquele ano, A Princesa e o Cavaleiro (Ribbon no Kishi) e Fantomas (Ogon Batto) marcaram época também por suas trilhas sonoras de nível cinematográfico. No cinema, o número de produções era menor (apenas quatro em 1967), mas foi aumentando aos poucos. Na década de 1970, houve uma grande explosão de títulos. Além de animês para crianças pequenas (Kodomo) e outros para meninas (Shoujo), ocorreu também uma grande febre de desenhos com robôs gigantes (Mecha), graças ao sucesso de Mazinger Z (1972), criação do desenhista Go Nagai e grande sucesso entre o público infanto-juvenil. Com diversos títulos para serem vistos na televisão em episódios semanais, muitos sendo exportados para outros países e com algumas obras sendo lançadas nos cinemas, o animê mostrava que tinha chegado para ficar." ______________________________________ Características Os animes apresentam características bastante distintas, como o uso de uma direção de arte ágil, enquadramentos ousados, muito movimento de cena e a abordagem de temas variados, como por exemplo, ficção científica, aventura, terror, infantil, romance e pornografia. É bastante comum, mesmo nas produções infantis, se encontrar situações de humor adultas (mulher beliscando disfarçadamente o marido para esse ficar quieto em uma conversa, acessos de raiva por causa de ciúmes ou amor platônico). Há também na animação japonesa grande presença de personagens andróginos e do homossexualismo, geralmente sutil. As duas características são reflexos da cultura japonesa, onde não há muita distinção entre homossexuais e andróginos com heteros, e, portanto, lá não tem problema uma criança ver isso. Mas fora deste contexto, como aqui no Ocidente, essas ações acabam por ser muitas vezes mal interpretadas, levando em muitos casos à censura e adaptação de personagens. Em muitas produções podemos conferir o uso de sinais visíveis de sentimentos, como por exemplo: * Gota d'água que aparece do lado do rosto do personagem representando constrangimento. * Dentes e chifres aparecendo repentinamente nos personagens representando raiva ou maldade. * Diminuição súbita do personagem representando vergonha. * Nervos estilizados na testa de um personagem, também representando raiva. Design de personagens * Os olhos: geralmente muito grandes, muito bem definidos, redondos ou rasgados, e cheios de brilho e muitas vezes com cores chamativas tipo vermelhos, rosa, laranja, roxos, dourados ou simplesmente uma bolinha preta sob fundo branco. Essa técnica foi introduzida por Tezuka, para que desta forma, pudesse conferir mais emoção aos seus personagens. São considerados uma das partes fundamentais e mais expressivas de um personagem, pois os olhos podem tomar várias formas e feitios, de modo a expressar o humor do personagem. Uma das características mais conhecidas do anime japonês é o tamanho dos olhos. A razão mais provável dessa característica é a influência de desenhos antigos da Disney, e a crença japonesa de que "os olhos são a janela da alma". * O cabelo: há de todas as formas, tamanhos, volumes e penteados, sempre cheios de fitas, lacinhos e afins, e, claro, cores, que vão desde o rosa, ao vermelho, ao azul, verde e roxo. * O corpo: na maioria das vezes, escultural, às vezes até demasiado escultural, e cheio de pormenores. * As roupas: sempre muito coloridas e com design cheio de imaginação. Muitos mostram um personagem sempre usando a mesma roupa, pois esse é um modo de caracterizá-lo. É também muito vulgar a utilização dos trajes tradicionais japoneses, como quimonos, independentemente do tipo de história. * A personalidade: os personagens costumam ter personalidades muito bem elaboradas, ricas, cheias com as mais diferentes e variadas características, independentemente de cada situação e personagem. * A voz: também é um elemento muito importante numa personagem porque nos dá a conhecer um pouco pela sua voz. Estas são selecionadas de acordo com a personalidade dos personagens. Vozes muito poderosas, infantis, estridentes, harmoniosas ou cavernosas fazem parte do universo de qualquer anime, e os dubladores (ou seiyu) são alvos de admiração por muitos fãs. _____________________________________ Tipos de anime Por formato No Japão, os animes são lançados em três formatos: * Série de televisão: transmitido pela televisão aberta ou paga, e geralmente, com o fim da série há o lançamento do DVD ou VHS. Comparado com filmes e OVAs a qualidade da imagem pode ser muitas vezes menor por ter um orçamento distribuído em um grande número de episódios. Muitos títulos apresentam 13 ou 26 episódios com duração de 23 minutos. Na maioria das vezes, possuem créditos iniciais, créditos finais e cenas curtas que anunciam o início e o fim do intervalo comercial. * Filme: exibidos em cinemas e, mais tarde, lançados em DVD, ou, em alguns casos, em canais pagos. Geralmente apresentam a qualidade de vídeo e o orçamento mais alto. Muitos animes são unicamente lançados em filmes. No entanto, há casos em que os filmes são na verdade uma edição minimizada da série de televisão. * OVA ou OAV: sigla de Original Video Animation é o anime produzido para ser vendido em DVD e VHS e não para ser exibido na tevê como uma série. Assim como filme, depois de algum tempo, o OVA pode passar em canal fechado também. Normalmente são mais curtos que os filmes e possuem mais de um episódio. Gêneros Há vários termos japoneses que definem gêneros tanto do anime como do mangá: * shoujo: japonês para "garota", são voltados para o público feminino. o magical girl: mahô shôjo ou mahou shoujo, caracterizados por garotas com poderes mágicos. o shounen-ai: romance entre personagens masculinos. o shoujo-ai: romance entre personagens femininos. * shounen: japonês para "garoto", são voltados para o público masculino. * dijensei:mangás ou animês com guerreiras femininas para o público masculino e feminino. * seinen: voltados para homens, forma mais rara. * josei: voltados para mulheres, forma mais rara. * kodomo: japonês para "criança", são voltados para crianças menores. * mecha: animes caracterizados por robôs gigantes. * ecchi: japonês para "indecente". O nome origina-se da leitura da letra H em inglês. Contém humor sexual moderado. * hentai: japonês para "anormal" ou "pervertido", usado para descrever animes pornográficos. No entanto, no Japão os termos usados são Poruno ou Ero. o kemono (animais) o futanari (hermafroditas) o loli-con (crianças - raparigas) o shota-con (crianças - rapazes) o yaoi (homossexual - homens) o yuri (homossexual - mulheres) Os seguintes não são gêneros propriamente ditos, mas característica bastante presente em tais desenhos: * bishounen: japonês para "garoto bonito", termo geral que pode ser usado para descrever qualquer anime caracterizado por meninos e homens bonitos. * bishoujo: japonês para "garota bonita", termo geral que pode ser usado para descrever qualquer anime caracterizado por meninas e mulheres bonitas. Outros gêneros paralelos aos ocidentais são: aventura, ação, ficção científica, comédia, desporto, drama, fantasia e romance. Há ainda temas que se repetem várias vezes: colegiais, demônios, artes marciais, magia, terror. _____________________________________ Anime ou animê Na Língua portuguesa existem duas variantes para esta palavra: anime ou animê. A palavra anime deve ser lida como oxítona. Essa confusão deve-se ao facto da língua japonesa não possuir diferenciação entre paroxítonas e oxítonas, causando uma dificuldade na tradução para o português. Crê-se que, etimologicamente, é a transcrição japonesa da palavra inglesa animation (derivada por apócope — a parte final da palavra é eliminada, como acontece com muitas palavras japonesas de origem estrangeira). Alguns autores defendem uma origem francesa — de animé (animado). A maioria dos japoneses não aceita esta teoria. A pronunciação mais usada, e que os próprios japoneses usam, é A-ni-mei. Uma contracção da apropriação pela língua japonesa da palavra inglesa Animation. ______________________________________ A relação entre o anime e o mangá O mais normal é que, quando um mangá alcança sucesso considerável de vendas no Japão, ele seja transformado em anime, e se este também obtiver êxito, é traduzido e distribuído a outros países e assim começam a produzir diversos tipos de produtos sobre estes, como jogos de videogame, bonecos e revistas. Porém, há também casos em que a ordem se inverte. Um exemplo disto é Neon Genesis Evangelion, cujo mangá foi produzido após o sucesso da série de tevê, Dragon Quest, que inicialmente era um jogo, e Pokémon (Pocket Monsters no Japão) que primeiro era um jogo, a partir do qual foi produzido um anime e depois um mangá. ______________________________________ Fãs de anime Com o crescente sucesso dos animes surgiu uma comunidade de fãs, tanto no Japão quanto fora dele, que se tornaram conhecidos com otakus. O próprio termo é alvo de discussões, pois no Japão o verbete possui conotação pejorativa. Muitos dos espectadores de anime não se consideram otakus preferindo fugir do rótulo controverso. O estilo dos animes já influencia a cultura ocidental e está presente também além destes. Por exemplo, a banda Daft Punk tem o filme Interstella 5555: The 5tory of the 5ecret 5tar 5ystem, que foi produzido por Leiji Matsumoto e Kazuhisa Takenôchi, animadores profissionais do Japão (que já fizeram desenhos como Digimon e Sailor Moon) e é feito inteiramente em traços orientais. O Linkin Park também já fez referências a clássicos da animação japonesa como Gundam, além de trazer elementos de anime em outros clipes animados. Madonna se arriscou na turnê Drowned World Tour e criou um bloco inteiro dedicado ao mundo oriental. Em uma das canções são mostrados alguns animes hentais (picantes) nos telões do megashow de 2001 da popstar. A grife Cavalera já lançou uma coleção com alguns personagens clássicos, influências orientais e até mesmo citações de yaoi(procy style). Fonte: Wikipédia
  4. I'm at Posto 9 (Rio de Janeiro, RJ) http://t.co/wKh6zEyp

  5. I'm at Empório (Rio de Janeiro, RJ) w/ 3 others http://t.co/zCPiG4Od

  6. I'm at Kinoplex for Prometheus 3D (Rio de Janeiro, RJ) w/ 8 others http://t.co/grujjGC6

  7. I'm at Saraiva MegaStore (Rio de Janeiro, RJ) w/ 2 others http://t.co/Mv7zJBYY

  8. I'm at Buxixo Chopperia (Rio de Janeiro, RJ) w/ 3 others http://t.co/YgRKr7My

  9. I'm at Original Grajau (Rio de Janeiro) http://t.co/IPhTxeF9

  10. Tattoo - Parte 2 (@ Leonardo Novaes Tattoo Studio) [foto]: http://t.co/JN3zRwjE

  11. ZG Parabens Auronjedi...........o/

    E quem disse que a festa acabou?
  12. ZG Parabens Auronjedi...........o/

    Meus sentidos de perigo me alertaram que existia um flooder audacioso tentando me destronar. Não posso deixar isso acontecer!
  13. ZG Você conhece o NL?

    Não importa quanto tempo passe... isso nunca mudará... HAHAHAHA
  14. I'm at UCI IMAX (New York City Center, Piso 3, Lj. 301, Rio de Janeiro) http://t.co/JJqizczF

  15. ZG Você conhece o NL?

    Se a Bauduco vende pão pro McDonalds ela não pode vender pro Bobs? Não assisto Big Brother, só quando tem alguma prova em que a equipe da empresa está trabalhando. Ou se estiver lá contando as horas pra sair. Cara... assistir os jogos do campo (atrás do gol) não é grandes coisa. Além de não poder comemorar, ainda é uma merda ficar no sol, ou na chuva, às vezes de pé e passar o dia todo no estádio. Nem preciso falar sobre perder todo o fds né? E to ricaço... depois te mostro foto do meu Porsche...
  16. ZG Você conhece o NL?

    Aparentemente um fã maníaco sexual do Higa, Koticho, meu e de alguns outros resolveu se revelar....
  17. ZG Você conhece o NL?

    Conte com a minha assinaturafalsa
  18. ZG Você conhece o NL?

    Nunca deveriam ter tirado... vergonha isso que fizeram...
  19. ZG Você conhece o NL?

    Shumi cunhadão! Como tá a mana?
  20. ZG Você conhece o NL?

    Behind the scenes :assobiando[1]:
  21. ZG Você conhece o NL?

    Ouvi meu nome ser pronunciado! HAHAHAHAHA Gente. Nada demais aconteceu. No ano passado logo que o NL fez as grandes mudanças, acabei por mudar de emprego e hoje trabalho em uma empresa que presta serviços para a Globo e Record, algo que me suga um tempo absurdamente grande e acabou minando a minha participação no Nowloaded. No final do ano passado iria sair do cargo de Diretor pois mal consigo acessar aqui e certamente algumas pessoas o merecem mais do que eu no momento. O pessoal da Staff me convenceu a tentar reorganizar meu tempo e tomar conta de projetos pendentes. Foi o que fiz. Mas com o final do Brasileirão (o que me obrigou a viajar pelo Brasil quase toda semana, o que é bem desgastante) e o consequente Big Brother atual, não consegui ainda tocar esses projetos, alguns em conjunto com outros moderadores que também estão ausentes por motivos pessoas e/ou profissionais. Atualmente estou vendo se consigo voltar a ativa ou largar permanentemente. Vamos ver, preciso conversar com algumas pessoas. E vocês como estão? Vejo algumas caras novas por aqui... isso é bom. Ah sim, o formiga fez uma operação de troca de sexo e hoje trabalha no entorno da Quinta da Boa Vista aqui no Rio durante as madrugadas.
  22. Bom gente, Estamos querendo saber por qual meio vocês conheceram o Nowloaded, para assim podermos aumentar nossa área de infuência de divulgação nos meios menos utilizados e continuar nos mantendo ativos pelos meios que vem nos trazendo + users. Por isso gostaríamos da opinião de TODOS vocês! Votem! FLW! []'s :drinks: Nowloaded Forever!